16 de julho de 2010

Amem as coisas certas, as pessoas certas, os lugares certo.


E se você estiver errado?
Mesmo que eu esteja errada, ainda assim existo. O ser que não existe não pode se enganar. Por isto se me engano, existo.
Se pelo fato de estiver enganada prova que eu existo, como posso estar errada quando penso que existo, se meu erro confirma minha existência.

Por isto, devo existir para que eu possa estar errada, logo, mesmo que eu esteja errada, não se pode negar que não o estou na minha certeza de que eu existo. Portanto não estou errada ao saber que sei.

Pois da mesma maneira que sei que existo, também sei que sei. E quando me alegro com esses dois fatos, posso acrescentar com igual certeza essa alegria às coisas que eu sei. Pois não estou errada nessa alegria, porque não estou enganada quanto às coisas que eu amo. Ainda que essas coisas sejam ilusórias, ainda seria um fato eu amar as ilusões.

Os seres humanos vivem sempre só no presente, no qual não há passado pois só temos lembranças presentes das coisas passadas e não há futuro pois só temos expectativas presentes das coisas futuras.

Amar e faze o que quiseres?

Ou será que o amor e para os mortos?

Ninguém é feliz a não ser vivendo e ninguém vive se não existir
Para mim cada gota de tempo é preciosa.

Valorizar cada momento que vivemos, sendo que cada instante que passa é irrecuperável e ir repetível
E no instante seguinte será só lembrança.

Tenho uma leve sensação que pensamos que tudo é eterno que o amor é eterno a felicidade também é a nossa própria vida.

Porque será que nos se comportamos dessa maneira?

Não aceitamos a idéia de que um dia vamos morrer.
E as coisas que conhecemos não são eternas, e a nossa experiência nesta terra também nos diz que nada dura para sempre. Nada dura
A dor da perda pode chegar para qual quer um em qualquer momento
O tempo é irreversível. Não pode ser detido, Nenhum momento volta e ninguém pode viver a mesma vida duas vezes.
Viver é acumular lembranças únicas.

Qual será o seu peso do amor?

Não é possível mudar os amores sem também mudar de ser, amar coisas diferentes, nos transformamos em seres diferentes.

Pensem nisso: amem as coisas certas, as pessoas certas, os lugares certos.

Não deixe que o amor se apresente como uma ausência na sua vida
O nosso destino está determinado pelas coisas que amamos.
Procure se alimenta daquilo que lhe traz alegria, paz e amor..

Um ótimo fim de semana!!
Sua amiga aqui vai fazer uma doce aventura na chapada diamantina..

Estão convidados a conhecer o lugar...
Se encontrarmos na terça feira nesse mesmo bate canal...
Um Cheiro!!!!!

13 de julho de 2010

A felicidade vai muito além de um belo sorriso

Menino você e muito curioso, mais vamos lá..
Sou uma pessoa que gosta de coisas simples, que pensar rápido que acredita que atitude vale mais que mil palavras, ansiosa de mais para esperar e muito tagarela para se calar, gosto de vive tudo na sua intensidade completa, admira uma bela flor. A menina que adora ter uma trilha sonora em sua vida, os cheiros lembra épocas e pessoas muito especiais em minha vida gosta muito de comer besteira como soverte e frutas, ainda essa menina e daquelas que muda de idéia constantemente e não mudam nunca quando se sente pressionada, sou do tipo que viver a vida por inteira, e que odeia rotina, ainda sou daquelas que tem TPM uma vez por mês,
Chora vendo filme romântico, e odeia filme de terror, ela ama uma boa risada, adora danças ao sábado com os amigos e o que mais gosta e de quando esta em casa de folga fica deitada na cama, estática feito uma planta ainda mais quando está cansada, ainda e uma menina que detesta falsidade e se sentir enganada por que ama ainda acredita que gentilezas geram gentilezas.
Enfim... Sou como qualquer menina, mulher. Com suas qualidades, e seus defeitos...
A um só caminho para você me cativar, seja você..

Quem nunca pensou o que é a felicidade? Quem nunca achou que felicidade são somente momentos bons, sorrisos e gargalhadas? Pois bem, há um tempo venho descobrindo que ser feliz é muito mais que isso. Que felicidade vai muito além de um belo sorriso no rosto em momentos de paz.
Felicidade é poder sentir o vento bater em seu rosto. É sentir as gotas de uma chuva fria cair em suas costas. É passar na rua e ver pequenas flores amarela no mato sujo. É ver um raio de sol atrás de uma nuvem negra. É ouvir os cantos dos passarinhos de manhãzinha. É ouvir MPB deita na cama num dia frio. É ler um bom livro. É assistir um filme de romance e chorar até dar dor de cabeça. É se sentir livre. É sentir a adrenalina na sua veia descendo numa montanha-russa.
Felicidade é brincar com os amigos. É comer uma panela de brigadeiro. É cantar sua música preferida o mais alto que você dá conta. É comer algodão-doce. É se lambuzar com sorvete com calda de caramelo. É andar de patins no parque. É dançar até as pernas doerem. É rir de uma piada sem graça. É assistir um bom filme de comédia. É abraçar um amigo. É beijar quem você ama. É dormir bem agarradinho. É ouvir seu amor cantar pra você com a voz desafinada. É ver balões coloridos. É brincar de fazer cócegas com seus sobrinhos. É ouvir uma boa música. É tocar violão em uma roda. É fazer aquilo que você gosta.
Felicidade é tudo isso, sim. Felicidade são coisas boas. Mas… aos poucos descubro que felicidade é mais que isso. Mais que bons momentos.
Felicidade é também chorar quando o coração dói. É sentir saudade de certa pessoa, de certo tempo, ou de várias pessoas e vários tempos. É ouvir uma crítica e crescer com isso. É aceitar seus erros e os dos outros. É saber que nem felicidade sempre você vai estar sorrindo. É conseguir ver nos tempos de tristeza um aprendizado. É ignorar aquilo de ruim que falam a seu respeito. É não levar em consideração as intrigas. É passar pelas adversidades da vida e sair mais forte. É encontrar um motivo pra sorrir quando se quer chorar. É sentir uma paz de espírito dentro de você mesmo quando as circunstâncias do lado de fora não são favoráveis. É se sentir sozinha e ainda assim se sentir bem. É sentir vontade de parar, de recuar e ainda conseguir decidir seguir em frente.
Felicidade é ver que o mundo está desabando lá fora e aqui dentro sentir uma vontade imensa de viver, de sentir. Uma vontade inexplicável de rir, de dar aquela gargalhada. Uma vontade louca de sair correndo, mesmo com o mundo caindo, e cantar e cantar.
Felicidade é rir em momentos de paz, mas é mais ainda, conseguir soltar uma gargalhada na turbulência!
Hoje, é isso que é felicidade pra mim. É sentir uma paz enorme no meio da guerra.
E isso eu descobri com você!!
Uma ótima noite!!

12 de julho de 2010

Como sinto sua falta meu amigo garotão!!


Nunca dispense alguém que lhe oferece amizade. Você já parou para pensar o quanto essa pessoa faz você feliz? Às vezes nos encontramos preocupados, ansiosos, mais sempre nosso amigo da um jeito de fazer sorrir há situações complicadas, que nos deixar perdidos, mas somente o fato de conversarmos com um amigo, desabafando o que nos está no íntimo, já nos sentimos melhor, mesmo que as coisas permaneçam inalteradas. Quantas vezes tínhamos a vontade de chorar, mas a sua simples presença nos traz de volta o brilho da vida. A simplicidade das brincadeiras, a conversa informal naqueles momentos de descontração, uma conversa rápida ao MSN, no vai e vem do dia ou da noite, no ambiente do trabalho ou da faculdade , enfim, em qualquer lugar a qualquer hora. Entretanto, não existe só alegria, amor, felicidade nesta relação, ela é como qualquer outro relacionamento, passa por crises passageiras, por momentos intempestivos, abalos ocasionais. Ainda que tenhamos muito carinho pelo amigo em questão, às vezes por insegurança, por ciúmes, por estarmos emocionalmente alterados ou nos sentindo pressionados, acabamos sendo injustos com ele e isso pode ser recíproco. Podemos comparar esse elo de amizade como o "tempo" que passa por alterações climáticas constantemente, mas é dessa forma que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos e que se desenvolve uma amizade. Diante do amigo somos nós mesmos, deixamos vir à tona nossos pensamentos a respeito das coisas, da vida, nos mostramos como verdadeiramente somos. Há amigos que nos ensinam muito, nos fazem enxergar situações que às vezes não percebemos o seu real sentido, compartilham a suas experiência conosco, nos falam usando da verdade que buscamos encontrar. São eles também que nos chamam a razão, chamando a nossa atenção quando agimos de modo contraditório, que nos dizem coisas que não queremos ouvir, aceitar ou compreender, são eles que são capazes nos fazer enxergar nossos defeitos se espelhando nos defeitos dele. Ao longo de nossa vida muitos amigos passam por ela e nos deixam saudades, mas também deixam a recordação de tudo que foi vivido. É na amizade verdadeira que encontramos a sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade, fraternidade. Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir.
Ser grande é ser sincero, é ser verdadeiro. É saber a hora de sonhar e a hora da realidade, mas nunca deixar de viver a realidade nos seus sonhos, e muito menos de sonhar na sua realidade. Ser grande é ser princesa, sapo, bruxa e fada; e ser ainda mais que tudo, VOCÊ
até..... Uma ótima noite..bjs!

11 de julho de 2010

Será que todos nós não temos uma dosagem de loucura?


O que acontece com o cérebro humano.
Ainda é um mundo desconhecido, onde todos vivem como se não houvesse nada de errado?
Porque a sociedade trata os seus loucos tão diferentes?

Será quem e louco, aqueles que vivem em uma clínica psiquiátrica ou nós que anda livremente pelas ruas?
Os `loucos..` como são chamado.
Não são pessoas feito eu e você?
Que trabalha, estudar muitos deles tem a mesma profissão, será que eles não merecem ter os mesmo direito?

É ontem tive o prazer de passa por essa experiência.
Passei o dia entre eles
Calma- ai sua amiga aqui não tá louca.
Apenas foi uma visita de 12 horas, pesquisa de campo.

Infelizmente ainda temos uma visão errada sobre paciente psiquiátrico.
Minha visão era que eles de alguma forma não tinha noção do que acontecia a sua volta, isso e errado. Eles têm sim.
Até porque o problema deles é psiquiátrico e não causada por uma patologia são duas coisa totalmente diferente.

Patológica; (derivado do grego pathos, sofrimento, doença, e logia, ciência, estudo) é o estudo das doenças em geral sob aspectos determinados. Ela envolve tanto a ciência básica quanto a prática clínica, e é devotada ao estudo das alterações estruturais e funcionais das células, dos tecidos e dos órgãos que estão ou podem estar sujeitos a doenças.

Já a psiquiátrica; como mania e esquizofrenia, transtornos neurológicos, transtornos de Ansiedade, transtornos afetivos transtornos do Humor, hiperatividade, transtornos obsessivo compulsivos, transtornos psicóticos, suicídio, ou síndrome de Otelo. São problemas em certas áreas do cérebro. E efeitos colaterais de alguma medicação.

Qualquer um de nós podermos ter esses transtornos.
Devido ao estresse do dia a dia. E muitos não fazem a higienização mental.
O que é uma higienização mental: É uma terapia que possibilita o relaxamento profundo que irá aliviar anomalias como depressão, insônia, nervosismo, ansiedade e medo. É uma prevenção para o futuro.
Saia da rotina viagem, não acumule trabalho.
Alem de tudo ame-se, sua mente agradece.

Como será o mundo dos pacientes psiquiátricos?
É maravilhoso!!
Mais para isso será necessário você conhecê-lo de perto.
Voltando: aconteceu um caso na minha chegada a clínica
Tinha vários tec. de enfermagem em seu primeiro estágio eles todos alegres e confiantes.

surpreendi como a situação de alegria e ao mesmo tempo tava apavorada com tanta distração em um local onde a qualquer momento o quadro poderia ser outro.
E continuei a minha pesquisa já que estava ali para isso.
Você saber nossa mente e maravilhosa.
Mais você tem que ajudar ela também ser pessoas observadora principalmente em um lugar que qual que hora uns dos pacientes podem descompensa.
E foi isso mesmo que aconteceu;
Hum paciente, calmo e observador, nos convidar indiretamente a viver o mundo dele

Como! Vou contar ele colocou um cadarço de sapato que pela primeira vista não era ofensiva, mais pela lógica não era para estar no jogo de Toto.
Bem os cinco tec. Que ali estava achou aquele cadarço natural.
Porque continuarão distraídos brincando no jogo.
O paciente que já tinha observado aquela sena onde todas as pessoas que estavam jogando se encontrava totalmente distraídas

Levantou - se sem que os técnicos de enfermagem tivessem visto e pegou o cadarço onde colocou no pescoço de uma delas
Dizendo: Hoje não to a fim de matar ninguém.
Eu fiquei abismada com o acontecido, ele já tinha observado que os tec. estavam totalmente distraindo pelo jogo.
Ele teve vontade de matar mais não fez

Como entramos em um mundo totalmente desconhecido e esquece-se de onde estar.
Questionei,O que será que passou pela cabeça daqueles jovens?
O que faltou para ele estar descompensado e mata aquela garota, graças a Deus deu tudo certo.

Outro ponto é que quem tem dinheiro pode da continuidade em seu tratamento e os que não tem permanecerem loucos maltratado por instituição que muita vez não dá importância e seus familiares fazem o mesmo.
Será que um paciente Psiquiátrico não merecer ser feliz amando e protegido?
Tem que vive em um mundo totalmente fora do nosso sem sua liberdade trancada em uma Clínica Psiquiátrica.
Porque seus familiares ver um paciente assim como ameaçador e só serve para ser o cofre da família?
Isso não quer dizer que quando eles estão em crise não seja perigoso
E precise ser medicado.

Por outro lado eles desenvolver o delírio convicto de ser amado por alguém.
Essa doença também é conhecida como erotomania onde uma pessoa que acredita que outra pessoa, geralmente de uma classe social mais elevada, está secretamente apaixonada por ela. Está inserida nos diagnósticos transtornos delirantes e pode ocorrer nas diversas culturas, não sendo conhecida a sua origem. Esses delírios geralmente ocorrem para satisfazer a procura por experiências sexuais, ou na adaptação as dificuldades que a pessoa tem de encarar a vida.

Nessa minha inda a Clínica Psiquiátrica lembre-me do filme ( Bem me que, mal me quer de) é um filme francês de 2002 que retrata muito bem o que um paciente psiquiátrico é o transtorno do Erotomania.
É um filme sensível, para apreciadores até parece um filme romântico mais não é.
Conta a história de Angélique (Tautou), uma jovem estudante de artes que se apaixona pelo médico Loic (Bihan).

Mesmo com os argumentos contrários de seus amigos, que não aprovam seu relacionamento com o médico, Angélique se entrega de corpo e alma a sua paixão. O que de início soa ao espectador como apenas um desencontro amoroso, com o passar do tempo percebe-se uma perigosa obsessão tomando conta da história.
O filme e uma obra para reflexão.
Você que quer da uma refletida na sua vida e saber como anda a sua mente recomendo o filme.

O que o amor é na realidade se somente afeta um aspecto de vida?
É como um musico que somente aceita, seu próprio jeito de musica.
É como um pregador que somente respeita domingo de manhã, e não
Sábado à noite.
É como um soldado pode vim a refletir
Que o amor é maior do que o homem e a mulher.

Uma homenagem aos doentes mentais, mostrando a realidade de uma mente insana, enfrentada pelos pacientes, como confusão mental. Será que todos nós não temos uma dosagem de loucura.

Uma ótima tarde.
Sua amiga aqui merece um sono da sétima arte...
Beijos...